Promoção “Feliz aniversário Már Virge!!

.

Estamos em Dezembro, perto do Natal, do ano ano, das ressacas prolongadas e porres maliciosos. Mas e depois disso tudo o que tem? Tem o aniversário do blog Már Virge!, que dia 18 de Janeiro estará completando 2 anos de fulerage e entretenimento barato.

Foram dois anos complicados…

Tivemos muitas quedas

queda

Continuar lendo

Anúncios

Batman: The Dark Knight Rises (Críticas e SEM SPOILERS)

O que dizer sobre Batman – The Dark Knight Rises?… Nada além de glorioso, magistral e maestral. Nolan encerra a saga do homem-morcego de forma primorosa e perfeita. Ele também conseguiu de forma brilhante, reunir vários de muitos fatores que transformam um filme num empolgante entretenimento, com muita ação, intriga, suspense, romance, drama e até um pouco que comédia, que acaba por quebrar um pouco a forte tensão que o filme proporciona. O filme, apesar de ser menos sombrio que os anteriores, continua focando na luta interior de Bruce Wayne para conseguir sua propria paz e tenta lidar com seu exílio.

Meu objetivo com este post não é falar sobre a trama do filme, mas sim somente expor meu ponto de vista, sobre essa maravilhosa obra e que consegue encerrar a saga do cavaleiro das trevas. O filme é um festival de referências ao universo do Batman cheio de pequenos detalhes e ligações a algumas das melhores histórias do Morcego. O filme é recheado de ação empolgante, que em muitas cenas o espectador chega a pular da cadeira de excitação. A trama é excepcionalmente bem construída, com algumas (poucas) falhas, mas bem elaborada e interessante.

O filme em si é ótimo… ótimo demais, perfeito e acabou superando minhas espectativas, já que a refência do filme anterior era com certeza muito (MUITO MUITO) alta e o medo desse filme acabar decepcionando era muito forte. E já falando em filme anterior… Apesar dos pesares e com todos os imensos créditos ao diretor, roteiristas e atores, o filme acabou no fim das contas não superando “The Dark Knight”, mas ficando mesmo assim, perfeito. Acredito que a principal pedra no sapato de Nolan, para a execução deste filme se chama Heath Ledger, pois Nolan teve como missão fazer o seu elenco, pelo menos tentar, criar um ar de interpretação que pudesse chegar perto da aura que o “Coringa” deixou pairando no filme anterior. Gostaria de dar os créditos necessários à Anne Hathaway, que conseguiu personalizar e encarnar perfeitamente o personagem da Mulher-gato. Tom Hardy como Bane, foi outra surpresa na caracterização e interpretação do personagem e gostaria de enfatizar principalmente a espledorosa atuação do mestre Michael Kane, que a cada aparição roubava a cena e demonstrava o quão forte era a relação de Alfred com Batman e o quanto isso significava para ele. E por último… a maravilhosa trilha sonora composta por Hans Zimmer é um espetáculo a parte. 

Batman – The Dark Knight Rises consegue ser com certeza, o melhor filme de ação do ano…

Nota de falecimento.

É com muito pesar, que nesta quarta-feira, 04 de julho do ano de 2012, faleceu, por motivo de assassinato, a piada mais engraçada, antiga e duradoura do futebol brasileiro: “Corintians Campeão da libertadores? HA HA HA”.

O crime aconteceu no estádio do Pacaembu e foi executado pelo jogador Emerson Sheik, que à queima-roupa, matou a piada com dois tiros na Boca. O crime de Sheik chocou todo o brasil, que tanto tinha apego a esta tão querida e amada piada.

Agora que nossa queria piada se foi, vai deixar muitas saudades e como toda boa piada que se vai… sempre deixa espaço para outras melhores.

Hoje a nação brasileira está de luto e tenta se recuperar do trauma e quanto à nação corintiana…

PARABÉNS E BEM VINDOS AO SELETO GRUPO DE CAMPEÕES DA LIBERTADORES DA AMÉRICA!!!!

Ajude-me Obi-Wan Kenobi!

Você já imaginou poder reproduzir o famoso holograma em que a Princesa Leia pede ajuda em Star Wars: Episódio IV?

 


Pois então… o americano Christopher Talosian desenvolveu um sistema simples, porém genial, para SIMULAR o holograma usado pela Princesa Leia para pedir socorro a Obi-Wan Kenobi. O Sistema é bem simples mesmo. Chris usou um projetor de vídeo e um umidificador doméstico para criar o efeito, que mesmo em 2D fica ótimo. A física não é nenhum pouco complicada: o ar quente e o vapor flutuam no ar criando uma cortina branca que faz com que a imagem seja reproduzida quase que fielmente ao holograma do filme. Apesar de ser bem simples, essa invenção é bem mais divertida que perder tempo reproduzindo esse efeito com equipamentos caros e sofisticados.

Continuar lendo